Ações simples podem gerar grande impacto ambiental

Qualquer mudança causada no meio ambiente, devido às ações do homem, são impactos ambientais. Tais impactos podem tanto ser positivos, quanto negativos e não há como medi-los exatamente, pelo fato de o meio ambiente ser um sistema complexo e naturalmente mutável. Contudo, é possível fazer estimativas através do Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e do Relatório de Impacto ao Meio Ambiente (RIMA).

Os impactos positivos são os resultados de medidas benéficas para o meio. Recuperação de rios, leis de preservação de mata, entre outras intervenções são bons exemplos. Já quando tratamos do impacto negativo falamos de medidas que prejudicam o meio e causam desequilíbrio ecológico.

O aumento crescente das áreas urbanas, o grande número de veículos circulando nas ruas, uso exacerbado de matérias primas e geração exagerada de lixo são alguns pontos discutidos acerca do impacto negativo, afinal, a responsabilidade pela modificação do meio ambiente não é apenas de grandes empresas, mas de todos nós. As principais consequências destas intervenções são a extinção de algumas espécies da fauna e da flora, bruscas mudanças climáticas, inundações, agravamento do efeito estufa, destruição da camada de ozônio, etc. Tudo isso funciona em cadeia, pois uma área afeta a outra e os problemas só aumentam.

Já que falamos de problemas, alguns deles são: clima mais seco e quente, seguidos de problemas respiratórios; desequilíbrio de espécies, decorrente da extinção de algumas delas; aumento na temperatura média da Terra, derretimento de geleiras e, consequentemente, aumento do nível do mar; entre outros.

Algumas práticas, além de simples e práticas, podem ajudar a melhorar esta situação. Talvez soe até clichê, mas é necessário reforçar essas ideias. Economia de água e de energia, separação de lixo reciclável e orgânico, evitar consumo exagerado de roupas e objetos e redução do uso de automóveis são bons exemplos a serem reforçados.

Já para as empresas, medidas internas, que seguem a mesma linha, podem ser implantadas, tanto para melhorar o fluxo interno, quanto para incentivar os colaboradores a praticar o consumo consciente também em suas casas. Outras abordagens que podem ser utilizadas nas indústrias são: colocar filtros nas chaminés (se for o caso), distribuir lixeiras de coleta seletiva pelo prédio, aproveitar a água que sai do ar condicionado para aguar os jardins, usar a comunicação interna a favor do consumo consciente e até mesmo programas de incentivo a reciclagem em casa, entre outras várias possibilidades.

As ações não precisam ser grandiosas e nem ter um impacto instantâneo. Se as pequenas ações forem implantadas no dia a dia, os resultados serão maiores que o esperado e o tal impacto no meio ambiente, positivo.

1740

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *